País

Polícia dispersa pequeno grupo do Marquês de Pombal

NUNO FOX

Em causa está o protesto dos coletes amarelos marcado para esta sexta-feira, em vários pontos do país.

Cerca de 30 manifestantes do movimento coletes amarelos permaneciam esta sexta-feira por volta das 17:30 junto da praça Marquês de Pombal, em Lisboa, sem sinais de desmobilizar.

A polícia começou, entretanto, a deslocar os manifestantes para o passeio central da rotunda, com vista a reabrir o trânsito naquele local, apesar da resistência dos protestantes.

Durante toda a tarde o grupo esteve concentrado nas imediações do Marquês de Pombal, no início da rua Braamcamp, acabando por não marchar para a Assembleia da República, como inicialmente fora anunciado.

Apesar de nas redes sociais se sugerir uma grande manifestação, e de um cartaz com a frase "vamos fazer história", os manifestantes foram pouco mais de uma centena no momento com mais participação durante a tarde e foram perdendo adeptos à medida que as horas passaram.

Desde as 15:00 que se vê manifestantes a abandonar a concentração e a subir a rua Braamcamp.

Rodeados de muita polícia, os manifestantes têm estado em desacordo sobre o destino do protesto, quando por exemplo uns gritam "Assembleia, Assembleia" e outros "daqui não saímos".

Com Lusa