País

Avenida de Montalegre interdita devido a ameaça de bomba

A Avenida Nuno Álvares Pereira está interdita ao trânsito e que não há previsão de ser retirada a interdição.

A circulação de pessoas e de viaturas está interdita na Avenida Nuno Álvares Pereira, no centro da vila de Montalegre, Vila Real, devido a ameaça de bomba no edifício do Novo Banco, disseram esta quinta-feira à Lusa fontes oficiais.

Fontes da Polícia Judiciária do Porto e de Vila Real confirmaram à agência Lusa que houve uma ameaça de bomba numa das principais artérias de Montalegre e que há elementos da Judiciária no local, mas não adiantou mais informações.

O presidente da Câmara de Montalegre, Orlando Alves, adiantou à Lusa que a Avenida Nuno Álvares Pereira está interdita ao trânsito e que não há previsão de ser retirada a interdição porque está uma brigada de Minas e Armadilhas da Judiciária a "verificar se há ameaça efetiva".

Fontes da GNR e dos Bombeiros de Montalegre adiantaram à Lusa que estão com elementos na zona da Avenida Nuno Álvares Pereira devido a uma ameaça de bomba num edifício do Novo Banco e que o edifício onde está o Novo Banco foi evacuado.

A circulação de peões e de automóveis naquela artéria está interdita desde cerca das 16:00 devido à ameaça de bomba no prédio do Novo Banco, acrescentou por seu turno o proprietário da Confeitaria Doce Lara, localizada na zona interditada.

O dono da Pizzaria Montalegre, Marco Moura, também confirmou à Lusa que a circulação do trânsito pelas 18:20 continuava interditada, referindo que o trânsito estava a ser desviado para outras artérias da vila transmontana. O alerta de ameaça de bomba foi dado pelas 15:00 de hoje, disseram fontes oficiais.

Lusa