País

Médico do INEM que se recusou a transportar doentes alvo de um inquérito disciplinar 

Médico do INEM que se recusou a transportar doentes alvo de um inquérito disciplinar 

Inspeção-geral das Atividades em Saúde e Ordem dos Médicos abrem inquérito contra António Peças. 

A Inspeção-geral das Atividades em Saúde instaurou um inquérito disciplinar ao médico que terá recusado, indevidamente, o helitransporte de um doente. Já o bastonário da ordem dos médicos classifica de anormal o caso do médico António Peças e já remeteu o processo para o conselho disciplinar. Também o antigo diretor-geral da Saúde reagiu. Francisco George defende que tem de haver "consequências a todos os níveis". Sabe-se agora que o médico terá trabalhado em dois sítios ao mesmo tempo, durante 46 horas.