País

Tribunal anula despedimento coletivo de 21 funcionários do Casino da Póvoa de Varzim

Casino não reintegra os trabalhadores e já recorreu da decisão judicial.

Os trabalhadores do Casino da Póvoa de Varzim que viram o Tribunal do Trabalho de Barcelos anular o despedimento coletivo de que foram alvo em 2014 apresentaram-se hoje ao trabalho. No entanto foram dispensados. O Casino não os reintegra e já recorreu da decisão judicial.