País

Hélder Cristóvão com "expectativas positivas" quanto ao julgamento dos agentes da PSP de Alfragide

Um dos advogados de defesa, Hélder Cristóvão, diz que o julgamento foi "uma súmula" da prova.

Começaram hoje as alegações finais do julgamento dos 17 agentes da PSP de Alfragide, acusados de tortura e outros crimes como ofensas, injúrias e sequestro. O caso ocorreu em 2015 quando vários jovens da Cova da Moura se dirigiam à esquadra depois da detenção de um outro indivíduo do bairro. Acabaram por ficar detidos por invasão, tendo depois sido agredidos e injuriados. Em declarações aos jornalistas, Hélder Cristóvão, um dos advogados de defesa, mostrou-se confiante.