País

Morreu um dos feridos da colisão entre ambulância e automóvel perto de Évora

Acidente aconteceu esta terça-feira na Estrada Nacional (EN) 254, que liga Évora a Redondo, junto ao cruzamento para a povoação de São Miguel de Machade, no concelho de Évora.

Um dos feridos graves da colisão entre uma ambulância dos bombeiros de Vila Viçosa e um automóvel, ocorrida esta terça-feira perto de Évora, morreu no hospital da cidade alentejana, disse à agência Lusa fonte da GNR.

Segundo a mesma fonte, a vítima mortal é um homem, de 75 anos, condutor do automóvel, que tinha sido transportado em estado grave para o hospital de Évora.

Do acidente resultaram ainda dois feridos graves e três ligeiros, que foram também transportados para as urgências do mesmo hospital, de acordo com os dados atualizados da GNR.

Os feridos graves são duas mulheres, uma de 33 anos, ocupante do veículo ligeiro de passageiros, e outra, de 75, que seguia na ambulância.

Os feridos ligeiros são três homens que seguiam na ambulância, o condutor, de 37 anos, bombeiro na corporação de Vila Viçosa, e dois civis, de 79 e de 55 anos.

Inicialmente, fonte dos bombeiros tinha indicado, como balanço da colisão, dois feridos graves e quatro ligeiros. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) indicou que o acidente, cujo alerta foi dado às 13:10, ocorreu na Estrada Nacional (EN) 254, que liga Évora a Redondo, junto ao cruzamento para a povoação de São Miguel de Machade, no concelho de Évora.

As operações de socorro mobilizaram 22 operacionais das corporações de bombeiros de Évora, Redondo e Vila Viçosa, GNR, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e Infraestruturas de Portugal, apoiados por 11 veículos.