País

Governo cria grupo de trabalho para melhorar rendimento dos blocos operatórios

O objetivo é que os hospitais do Serviço Nacional de Saúde se possam reger por regulamentos homogéneos.

O Governo criou um grupo de trabalho para propor um modelo de funcionamento dos blocos operatórios dos hospitais do SNS que permita um "melhor rendimento", estrutura que tem de apresentar uma proposta até meados de junho.

Um despacho da secretária de Estado da Saúde publicado hoje em Diário da República indica que o objetivo é que o grupo de trabalho proponha um modelo de funcionamento que assegure que os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) se possam reger por regulamentos homogéneos, visando maior rentabilidade e redução de espera para as cirurgias.

O diploma explica que em 2013 foi criado um grupo de trabalho para avaliar a situação dos blocos operatórios, que culminou com a publicação, em outubro de 2015, de um relatório sobre a capacidade de cada instituição, um trabalho que o próprio despacho refere que "não pode ser desperdiçado".

"É consensual que da capacidade instalada em blocos operatórios se poderia retirar um melhor rendimento, tratando no mesmo tempo e instalações disponíveis um muito maior número de doentes", entende o Ministério da Saúde.

Através dos dados que estão recolhidos desde 2015, o novo grupo de trabalho deve apresentar propostas para otimizar o trabalho dos blocos operatórios, sugerindo um modelo de regulamentação e um programa de implementação.

O coordenador do grupo é o médico cirurgião José de Castro Correia da Silva, do Hospital de São João, que irá trabalhar com uma dúzia de outros médicos e enfermeiros.

O grupo de trabalho terá de apresentar um relatório final dentro de quatro meses.

Lusa

  • As imagens do mau tempo no Porto
    1:24
  • As imagens das inundações em Braga
    1:05