País

Médicos do São João suspensos por amputarem mama saudável a paciente

Médicos do São João suspensos por amputarem mama saudável a paciente

O caso aconteceu há dois anos.

Dois médicos do Hospital de São João, no Porto, foram suspensos por retirarem por engano uma mama saudável a uma paciente. A mulher ia remover e reconstruir a mama direita depois de diagnosticada com cancro.

A Ordem dos Médicos fala em negligência grosseira e suspendeu os dois clínicos por 10 e 21 dias.