País

2.º dia de greve dos trabalhadores não docentes fecha escolas em todo o país

MANUEL DE ALMEIDA/ LUSA /ARQUIVO)

Sindicatos prevêem uma adesão ainda maior que ontem.

Os funcionários das escolas cumprem hoje o segundo e último de greve nacional.

Exigem aumentos salariais, a integração nos quadros e a criação de uma carreira profissional.

Os sindicatos que representam os trabalhadores não docentes queixam-se da falta de funcionários.

Dizem que os recentes reforços anunciados pelo Governo não são suficientes.

Mais de 500 escolas encerradas no 1º de dois dias de greve de funcionários