País

Raio danifica uma das torres do Castelo de Mourão

A estrutura está muito danificada, estão interditas as visitas porque pode estar em risco de ruir", refere o presidente da Câmara.

Uma das torres do Castelo de Mourão, no distrito de Évora, ficou hoje "muito danificada" na sequência de um raio provocado por uma trovoada, disse à agência Lusa a presidente do município, Maria Clara Safara.

"Foi um raio, durante uma trovoada durante a tarde, que atingiu a torre do castelo. A estrutura está muito danificada, estão interditas as visitas porque pode estar em risco de ruir", disse.

Maria Clara Safara adiantou ainda que no momento em que ocorreu esta situação havia pessoas no interior do castelo, mas que "não houve vítimas".

"Nós vamos ter amanhã [segunda-feira] uma avaliação técnica com a Direção Regional de Cultura do Alentejo porque pode estar em risco de ruir.

Os acessos ao castelo estão interditos", acrescentou.

A presidente da Câmara de Mourão relatou ainda que algumas casas contíguas ao castelo ficaram sem eletricidade, situação que a EDP está a solucionar.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora disse à Lusa que o alerta para esta ocorrência foi dado às 15:22, tendo deslocado para o local sete operacionais, auxiliados por duas viaturas, elementos da GNR e dos serviços municipais daquele concelho.

Lusa

  • O que dizem os líderes partidários e cabeças de lista na hora de ir votar

    Europeias 2019

    O apelo ao voto é a tónica dominante em todas as declarações que pode ver e ouvir aqui.