País

Relógios adiantam uma hora na próxima madrugada

Brian Snyder

Quando for 01:00 de domingo, em Portugal continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios devem ser adiantados 60 minutos.

Portugal vai adiantar os relógios uma hora na próxima madrugada para dar início ao horário de verão, indica o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL).

Quando for 01:00 de domingo, em Portugal continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios devem ser adiantados 60 minutos, passando para as 02:00.

Na Região Autónoma dos Açores, esta mudança será feita à meia-noite, 00:00, de domingo, passando para a 01:00.

A hora legal volta a mudar a 27 de outubro, marcando a mudança para o regime de inverno, atrasando os relógios uma hora.

No final de agosto do ano passado, o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, anunciou que a instituição iria propor formalmente o fim da mudança de hora na União Europeia, depois de um inquérito não vinculativo feito a nível comunitário, segundo o qual mais de 80% dos inquiridos disseram preferir manter sempre o mesmo horário.

Em outubro, o primeiro-ministro, António Costa, defendeu que Portugal deve manter o atual regime bi-horário e ter uma hora de verão e uma hora de inverno, considerando que "o bom critério e único é o critério da ciência".

Na terça-feira, o Parlamento Europeu pronunciou-se, em Estrasburgo, França, a favor da proposta de fim da mudança de hora bianual, mas apenas em 2021, e não já este ano, como propunha inicialmente a Comissão Europeia.

Depois de o Parlamento Europeu ter adotado a sua posição, através da aprovação de um relatório da comissão parlamentar de Transportes com 410 votos a favor, 192 contra e 51 abstenções, falta agora que os Estados-membros cheguem a uma posição comum em sede do Conselho da União Europeia, devendo depois a proposta de diretiva (lei comunitária) ser acertada entre estas duas instituições.

Lusa

  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21