País

Incêndio destrói casa e desaloja três pessoas na Guarda

As chamas terão tido início "provavelmente com algum descuido da lareira".

Um incêndio urbano, que deflagrou este sábado de madrugada na Póvoa do Mileu, na cidade da Guarda, destruiu uma casa de habitação e desalojou três pessoas, disseram à agência Lusa fontes dos bombeiros e da proteção civil.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o alerta para o incêndio foi dado pelas 00:15.

António Pereira, adjunto do Comando dos Bombeiros Voluntários da Guarda, disse à agência Lusa que as chamas destruíram "praticamente por completo" o interior da habitação unifamiliar constituída por rés-do-chão e primeiro andar.

"Quando as primeiras equipas [dos bombeiros] chegaram ao local, a casa estava completamente tomada pelas chamas", disse o responsável, indicando tratar-se de uma construção com o interior em madeira.

Segundo António Pereira, as chamas terão tido início, "provavelmente com algum descuido da lareira", localizada no rés-do-chão da habitação, mas as causas do incêndio estão a ser averiguadas pelas autoridades competentes.

Devido ao incêndio, as três pessoas que habitavam a moradia, uma mulher e duas filhas, (sendo uma ainda menor, que se encontrava ausente da habitação), foram realojadas pela Proteção Civil Municipal da Guarda, indicou a fonte.

Durante o combate às chamas os bombeiros assistiram no local uma das moradoras "por ansiedade", referiu o CDOS da Guarda.

Estiveram no local um total de 30 homens e cinco viaturas dos Bombeiros Voluntários da Guarda e da PSP, segundo a mesma fonte.

Lusa

  • "Vamos a Jogo" com Helton e Ukra
    22:17