País

"Gostava de ver os defensores do estudo a irem trabalhar com 69 anos para uma fábrica"

"Gostava de ver os defensores do estudo a irem trabalhar com 69 anos para uma fábrica"

Jerónimo de Sousa critica estudo mais recente sobre a idade da reforma.

Jerónimo de Sousa diz que as pessoas que promoveram o estudo sobre o aumento da idade da reforma deviam ir trabalhar para fábricas até aos 69 anos. Num almoço para assinalar já o 25 de Abril, em Loures, o secretário-geral do PCP criticou a direita por querer reverter direitos laborais.

Jerónimo de Sousa referiu-se em particular ao este estudo que sugere que a idade da reforma deve subir em Portugal.

  • "Via Sacra" em destaque na Edição da Manhã
    4:43
  • Árbitra de 18 anos agredida por treinador
    13:01
  • Eleições em Espanha: o que dizem as sondagens
    3:46