País

SEF sinalizou duas vítimas de tráfico de pessoas

Ações de combate ao tráfico de pessoas decorreram em simultâneo em outros 23 países europeus.

O SEF sinalizou duas vítimas do crime de tráfico de pessoas durante várias ações de fiscalização e repressão à exploração laboral de norte a sul do país, indicou esta segunda-feira aquele serviço de segurança.

Em comunicado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) adianta que as ações de combate ao tráfico de pessoas decorreram em simultâneo em outros 23 Estados-membros da União Europeia e terminaram no final do dia de domingo.

Em Portugal, o SEF sinalizou duas vítimas de tráfico de pessoas e iniciou a consequente investigação criminal contra a entidade empregadora.

Aquele serviço de segurança indica também que foram identificados mais de uma centena de trabalhadores nacionais e estrangeiros, na sua maioria em explorações agrícolas, e cinco entidades patronais foram alvo de processos contraordenacionais que podem ir dos 2.000 aos 10.000 euros por manterem ao seu serviço mão de obra estrangeira em situação irregular.

O SEF refere ainda que estas ações realizadas na UE, sob a coordenação da Europol, tiveram a participação das entidades de inspeção do trabalho dos países participantes, sendo apoiadas em Portugal pela Autoridade para as Condições do Trabalho.

Lusa

  • "Vamos a Jogo" com Helton e Ukra
    22:17