País

Fenprof espera que não tenha de haver uma nova ronda de negociações com o Governo

Fenprof espera que não tenha de haver uma nova ronda de negociações com o Governo

Centenas de docentes manifestaram-se junto ao Parlamento enquanto decorria o debate.

Enquanto decorria o debate sobre as apreciações parlamentares ao decreto do Executivo que reconhece 2 anos, 9 meses e 18 dias do tempo congelado, centenas de professores estavam concentrados em frente ao Parlamento.

Mário Nogueira, da Fenprof, espera agora que as divergências fiquem resolvidas na especialidade, e que não tenha de haver nova ronda negocial com o Governo.