País

Vice-presidente do Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas acusado de burla

Vice-presidente do Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas acusado de burla

Empresário francês acusa Pedro Pardal Henriques de lhe ter ficado com mais de 85 mil euros.

O vice-presidente do Sindicato dos Motoristas de Matérias Perigosas tem pelo menos um processo por burla a correr no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa. A queixa foi feita por um empresário francês que acusa Pedro Pardal Henriques de lhe ter ficado com mais de 85 mil euros, que serviriam para pagar serviços de consultoria relativos à compra de uma propriedade no centro do país.