País

Feridos em pedreira de Marco de Canaveses manuseavam explosivos

Feridos em pedreira de Marco de Canaveses manuseavam explosivos

A jornalista Catarina Folhadela esteve no local e explica o que terá acontecido.

Os dois homens que esta sexta-feira ficaram feridos com gravidade numa pedreira em Marco de Canaveses manuseavam explosivos quando ocorreu o acidente, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Apesar da gravidade das queimaduras sofridas na face e nas vias respiratórias, as duas vítimas, ambas residentes em Penafiel, não deverão correr perigo de vida, de acordo com o comandante Sérgio Silva.

Um dos feridos foi transferido de helicóptero para um hospital de Coimbra e o segundo foi encaminhado para a mesma unidade, mas de ambulância, devido a alegados problemas técnicos observados na segunda aeronave destacada para a ocorrência, acrescentou.

Após o acidente, ocorrido pouco depois das 09:00, as duas vítimas foram assistidas no local por meios médicos das viaturas de emergência dos hospitais do Vale do Sousa, de Penafiel, e de São João, do Porto, apoiados pelos bombeiros de Marco de Canaveses.

Segundo a proteção civil municipal, já foram iniciadas pelas autoridades competentes as investigações às circunstâncias da explosão de pólvora na pedreira Fernando Almeida & Filhos, localizada em Alpendurada, no sul do concelho de Marco de Canaveses, no distrito do Porto.

Com Lusa