País

Trabalhadores da Central de Cervejas exigem aumentos salariais e revisão da carreira  

Trabalhadores da Central de Cervejas exigem aumentos salariais e revisão da carreira  

Paralisação só termina no próximo domingo. 

Rui Matias da SINTAB e Arménio Carlos da CGTP apresentam os argumentos dos trabalhadores da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, em Vialonga, que estão em greve parcial desde segunda-feira. Exigem sobretudo aumentos salariais e a revisão das categorias profissionais. Os funcionários da Central de Cervejas têm parado em 3 períodos de diferentes do dia, cada um com duas horas.