País

Catarina Martins diz ao PS que "arrogância não é boa conselheira"

TIAGO PETINGA

A coordenadora do BE refere-se à manchete deste sábado do jornal Expresso.

A coordenadora do BE, Catarina Martins, estranhou este sábado que o primeiro-ministro, António Costa, esteja já a dizer o que se pode fazer na próxima legislatura, lembrando ao PS que "a arrogância não é boa conselheira".

Num comício para a campanha das eleições europeias, na Praça dos Poveiros, no Porto, Catarina Martins afirmou que "à política pedem-se soluções contruídas com as pessoas, nunca contra elas" e apesar de nos últimos dias se ter ouvido falar muito da atual legislatura, esta "ainda não acabou".

"E é por isso que é estranho ler que António Costa está já a dizer o que se pode ou não fazer na próxima legislatura e, pior ainda, ouvir Pedro Marques [cabeça-de-lista do PS nas eleições europeias de 26 de maio] atacar quem luta pelos direitos do trabalho como ouvimos ontem à noite", criticou.

A coordenadora do BE referia-se à manchete de hoje do jornal Expresso, segundo a qual, depois das eleições legislativas de outubro, "António Costa recusa-se a mexer em dossiês de professores".

"A arrogância não é boa conselheira, é bom que o Partido Socialista se lembre. A arrogância não é boa conselheira, a responsabilidade da política é criar soluções e são as pessoas que dizem que soluções querem", recordou.

Lusa