País

Família da vítima dos incêndios de 2017 tem de recorrer à Justiça para ser indemnizada

Informação foi dada pelo gabinete do primeiro-ministro.

O gabinete do primeiro-ministro confirma que a família de um funcionário da Câmara de Oleiros, que faleceu a combater um incêndio em 2017, só poderá ser indemnizada se recorrer ao tribunal.

Esclarece o comunicado que este caso não ocorreu nos períodos de 17 a 24 de junho e 15 e 16 de outubro e que por essa razão não está abrangido pelos apoios especiais do Estado.

O funcionário morreu a 7 de outubro num acidente com uma máquina de rasto durante o combate a um incêndio no concelho. A Câmara de Oleiros decidiu entretanto apoiar financeiramente a família, nomeadamente os dois filhos da viúva.