País

PAN defende direito a votar aos 16 anos 

Rafael Marchante

Parlamento debate hoje a proposta do Partido Pessoas Animais e Natureza.

O PAN - Pessoas Pessoas Animais Natureza quer que a idade mínima legal para votar passe a ser aos 16 anos e não aos 18.

Pela primeira vez, a medida vai hoje ser discutida no Parlamento, através de um projeto de resolução do Partido Pessoas Animais e Natureza.

O deputado André Silva diz que a mudança é essencial para combater a abstenção e que os jovens devem ter uma voz ativa na definição das políticas que vão influenciar o futuro.

"Analisando os atuais direitos e deveres dos jovens de 16 anos verificam-se claras incoerências, uma vez que o Estado reconhece a estas pessoas, no âmbito de assuntos sensíveis, a maturidade e a capacidade de tomarem decisões quanto à conformação das suas vidas, com várias obrigações legais mas não lhes permitindo escolher as políticas e os representantes políticos que afetam o seu quotidiano e o seu futuro", pode ler-se no site do PAN.

  • “A espera” de uma mãe e uma luta que dura há 10 anos
    22:00