País

PJM detém em Oeiras suspeito de burla com cartão de abastecimento de forças armadas

PJM disse ter detido o suspeito, um civil, "em flagrante delito", e após uma investigação iniciada há cerca de dois meses.

A Polícia Judiciária Militar (PJM) deteve, no fim da semana passada, numa bomba de combustível em Oeiras, Lisboa, um homem suspeito de burla que fazia pagamentos com um cartão de abastecimento das forças armadas, revelou hoje aquela força.

Em comunicado, a PJM disse ter detido o suspeito, um civil, "em flagrante delito", e após uma investigação iniciada há cerca de dois meses.


Segundo a polícia, o detido "abastecia a sua viatura particular numa bomba de combustível na zona de Oeiras, usando de forma ilícita para pagamento um cartão de abastecimento que não lhe pertencia, num esquema que envolvia vários indivíduos, prática que configura o crime de burla informática e nas comunicações".


Fonte oficial da PJM disse à Lusa que o cartão em causa era de "uma das unidades das forças armadas", sem precisar qual.


No âmbito destas diligências foi apreendido o cartão de abastecimento, assim como a viatura envolvida, e o detido foi presente na sexta-feira a autoridade judiciária, que lhe aplicou a medida de coação de Termo de Identidade e Residência.

Lusa

  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21