País

"Recuperação da espécie será severamente condicionada por esta mortalidade diferencial em fêmeas"

"Recuperação da espécie será severamente condicionada por esta mortalidade diferencial em fêmeas"

Com base no estudo de populações desta espécie os investigadores concluem que recuperação destas populações pode ser mais difícil do que inicialmente se pensava, pelo facto de o número de fêmeas ter diminuído drasticamente e não existir ainda tratamento conhecido para este vírus.

O tritão-de-ventre-laranja pode estar em risco de desaparecer dentro de dez anos da Serra da Estrela, onde tem sido dizimado por um tipo de vírus, revela um estudo que tem como primeiro autor o investigador Gonçalo Rosa, do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (cE3c) da Universidade de Lisboa e do Instituto Zoológico de Londres, no Reino Unido.