País

Cidadão estrangeiro detido por agressões a namorada grávida

"O arguido, de nacionalidade estrangeira, namora com a ofendida desde janeiro de 2019".

Um cidadão de nacionalidade estrangeira foi detido por fortes suspeitas da prática do crime de violência doméstica sobre a namorada que se encontra grávida, informou esta terça-feira uma nota da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Segundo a nota publicada na página eletrónica da PGDL, foi detido e presente ao juiz de instrução criminal, na quinta-feira, para primeiro interrogatório judicial, um arguido "fortemente indiciado pela prática de um crime de violência doméstica".

De acordo com "os fortes indícios recolhidos, o arguido, de nacionalidade estrangeira, namora com a ofendida desde janeiro de 2019, encontrando-se esta grávida", revelou o Ministério Público.

Na mesma nota acrescenta-se que, "desde o início do namoro, que o arguido agride física e psicologicamente a ofendida".

Na sequência da inquirição judicial, o arguido "ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva por se julgar verificado, em concreto, o perigo de continuação da atividade criminosa".

A investigação prossegue "com a coadjuvação da PSP" e sob a direção do Ministério Público da 5ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Sintra, da comarca de Lisboa Oeste.

Lusa