País

Seis detidos em operação "cirúrgica" da PJ em Loures e Cascais

(Arquivo)

Detidos são suspeitos de assaltos violentos com armas de fogo.

Seis pessoas foram detidas, três homens e três mulheres, esta manhã, no âmbito da "Operação Good Girls" da Polícia Judiciária de Lisboa.

As detenções ocorreram nos bairros Quinta da Fonte, em Loures, e Cruz Vermelha, em Cascais e em alguns casos aconteceram em flagrante delito, por posse de armas ilegais ou de droga.

Em comunicado, a PJ refere que "procedeu à detenção de três homens e três mulheres, de idades compreendidas entre os 17 e os 49 anos, fortemente indiciados pela prática, em coautoria, de vários crimes de roubo cometidos com arma de fogo."

Acrescenta ainda que "os crimes ocorreram entre 2018 e a atualidade, em vários concelhos da área metropolitana de Lisboa, tendo os presumíveis autores assaltado postos de abastecimento de combustíveis, farmácias e um estabelecimento de massagens, apoderando-se de dinheiro e outros bens de valor."

A PJ apreendeu ainda algumas centenas de doses de cocaína e haxixe.

Mais de 50 inspetores da PJ estão no terreno, numa ação repartida entre os dois bairros considerados problemáticos.

A operação começou ao início da manhã, por volta das 7h30 e o fator surpresa da ação foi determinante.

Os detidos vão agora ser presentes a primeiro interrogatório judicial no qual serão sujeitos à aplicação de medidas de coação.

  • Os tsunamis que arrasaram a Ásia em 2004 e 2011
    25:20