País

Sindicato dos Profissionais da Polícia abre conta solidária para agentes de Alfragide

MIGUEL A. LOPES

Oito foram condenados por agressões.

O Sindicato dos Profissionais da Polícia decidiu abrir uma conta bancária para angariar dinheiro para os 17 agentes envolvidos no processo da Cova da Moura, sobretudo para os oito condenados por agressões, ofensas à integridade física e sequestro.

À SIC, o presidente do sindicato diz que a própria organização decidiu contribuir com mil euros e garante que já há particulares e empresas dispostos a colaborar. A ideia, segundo o representante sindical, é ajudar nas custas judiciais e nas eventuais indemnizações a que os polícias venham a ser condenados, no final dos recursos.

Em primeira instância, os oito agentes foram condenados a pagar 72 mil euros às vítimas, seis jovens do bairro da Cova da Moura.