País

Marcelo reitera solidariedade a França após explosão em Lyon

Benoit Tessier

Homem que circulava de bicicleta está a ser procurado pela polícia francesa.

O Presidente da República reiterou esta sexta-feira a solidariedade de Portugal com a França, perante "mais um ataque aos valores que unem os dois países", numa mensagem ao homólogo francês após um engenho explosivo ter causado oito feridos em Lyon.

Na mensagem endereçada a Emmanuel Macron, divulgada no portal da presidência, Marcelo Rebelo de Sousa expressa "a sua consternação" pelo sucedido e deseja "as rápidas melhoras a todos os feridos".

Um homem que circulava de bicicleta está a ser procurado pela polícia francesa depois de ter colocado o engenho explosivo que hoje feriu pelo menos oito pessoas no centro da cidade de Lyon, segundo as autoridades locais.

O ciclista, que tinha a cara tapada, deixou o explosivo às 17:30 locais (16:30 em Lisboa) diante de uma padaria na Rua Victor Hugo, uma artéria pedonal muito próxima da Praça Bellecour.

A investigação judicial, aberta inicialmente por tentativa de homicídio, foi transferida para o Ministério Público de Paris, que centraliza os casos de terrorismo em França.

Numa breve declaração, o Presidente francês, Emmanuel Macron, endereçou votos de restabelecimento aos feridos do que considerou ter sido um ataque.

Lusa