País

Troço ferroviário interrompido com passageiros da Fertagus retirados dos comboios

"Até que a situação seja normalizada, a circulação está interrompida entre o Fogueteiro e Coina", disse fonte oficial da Fertagus.

Os passageiros da Fertagus que estavam retidos devido à queda de uma catenária no troço ferroviário entre Coina e Fogueteiro, na linha do Sul, já foram retirados, estando a decorrer os trabalhos para que a circulação seja restabelecida.

"Até que a situação seja normalizada, a circulação está interrompida entre o Fogueteiro e Coina, enquanto nas restantes ligações a circulação está a ser efetuada, mas com atrasos", disse à Lusa fonte oficial da Fertagus.

Segundo a mesma fonte, as ligações ferroviárias funcionam entre Roma/Areeiro e Fogueteiro, e entre Coina e Setúbal, em ambos os sentidos, mas entre Fogueteiro e Coina estão a ser utilizados transportes rodoviários para fazer as ligações.

Em relação aos passageiros que ficaram retidos nos comboios devido ao incidente, a Fertagus refere que já foram retirados e encaminhados para autocarros.

A CP também tem dois comboios parados, um na estação de Coina e outro na estação do Pragal, estando a avaliar uma solução para o problema.

"Temos dois comboios parados, um terceiro não chegou a sair devido ao problema que ocorreu na linha. Estamos a avaliar a possibilidade de se utilizar uma solução ferroviária, de uma máquina a diesel, para impelir os comboios na zona afetada, mas ainda não está em prática", afirmou à Lusa fonte oficial da CP, explicando que o transbordo rodoviário é outra das hipóteses.

De acordo com a mesma fonte, os passageiros estão em estações, o que não os obriga a ficar fechados no interior das composições.

Fonte da Infraestruturas de Portugal adiantou, cerca das 20:45, que a circulação continuava interrompida e que estão a decorrer trabalhos no local, mas não avançou quanto tempo poderá demorar a normalização da circulação ferroviária.

Lusa

  • A vila onde cabe o mundo
    9:35