País

Presidente do IPO do Porto foi detido poucos dias antes de deixar o cargo

José Laranja Pontes preside o conselho de administração do hospital desde 2006.

O presidente do IPO do Porto foi detido a poucos dias de deixar o cargo. O médico de 68 anos vai reformar-se ao fim de 30 anos de carreira no hospital. A detenção surge no âmbito da Operação Teia.

Para além de José Laranja Pontes, mais três pessoas foram detidas. São suspeitas de corrupção, tráfico de influências e participação económica em negócio no âmbito de contratação pública.