País

Estatuto prevê que cuidadores informais continuem a ter uma carreira contributiva

Estatuto prevê que cuidadores informais continuem a ter uma carreira contributiva

PS, BE e PCP chegaram a acordo em relação ao Estatuto do Cuidador Informal.

Quem desiste de trabalhar para cuidar de um familiar com doença prolongada passa a estar protegido pela lei. O Governo chegou esta quinta-feira a acordo com o Bloco de Esquerda e PCP para a criação do Estatuto do Cuidador Informal.

A proposta abrange medidas de apoio social, descanso de cuidadores e a garantia de uma carreira contributiva.