País

Incêndio provocado por queda de avioneta em Leiria declarado extinto

Duas pessoas morreram na sequência da queda de uma avioneta.

O incêndio provocado este domingo pela queda de uma avioneta, de que resultaram dois mortos, nas imediações do Aeródromo de Leiria, já se encontra extinto, segundo fonte da Proteção Civil.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria disse à agência Lusa que cerca das 19:00 horas permaneciam no local quatro veículos e 11 operacionais.

A mesma fonte adiantou que as vítimas da queda da avioneta são dois homens, de 67 e 41 anos de idade.

Duas pessoas morreram hoje, no Aeródromo de Leiria José Ferrinho, devido à queda de uma avioneta, seguida de incêndio, que se propagou à floresta.

O acidente ocorreu pela 16:48, em circunstâncias que ainda estão a ser apuradas. A fonte do CDOS diz mesmo que não é possível dizer ainda se a avioneta ia a levantar voo ou a aterrar.

O incêndio que se seguiu ao acidente mobilizou 9 veículos e 23 operacionais entre bombeiros e elementos da Polícia de Segurança Pública (PSP).

No local esteve também uma Viatura Rápida de Emergência Médica de Pombal.

Fonte do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) disse à agência Lusa que foi notificado sobre a queda do ultraleve, acrescentando que vai iniciar diligências com vista a proceder à investigação do acidente.

Lusa