País

Dois funcionários do Pingo Doce detidos por suspeitas de corrupção

Dois funcionários do Pingo Doce detidos por suspeitas de corrupção

PJ apreendeu 400 mil euros em dinheiro.

Dois funcionários do Pingo Doce e dois de uma empresa fornecedora de peixe fresco foram detidos por suspeitas de corrupção. Outras seis pessoas foram constituídas arguidas, todas do grupo Jerónimo Martins. A Polícia Judiciária apreendeu 400 mil euros em dinheiro e várias viaturas topo de gama.

  • A vila onde cabe o mundo
    9:35