País

Guardas prisionais querem inibidores de sinal nas cadeias

Guardas prisionais querem inibidores de sinal nas cadeias

Dizem que é a única solução para combater o tráfico de telemóveis.

Os guardas prisionais garantem que as quase 200 cabinas telefónicas que o Governo pretende instalar não resolvem o problema. Pedem inibidores de sinal e que seja aumentado o limite de cinco minutos diários para os reclusos comunicarem com a família.