País

PS quer taxas moderadoras dependentes de consultas e linha Saúde 24

Hospital S. José, Lisboa, arquivo

Francisco Seco/ Reuters

Proposta surge depois de o PS ter votado contra o fim das taxas nos Centros de Saúde.

Segundo a deputada socialista Jamila Madeira citada pelo jornal Público desta segunda-feira, o PS quer que o pagamento das taxas moderadoras nos cuidados primários dependa de fatores como, por exemplo, as chamadas para a linha Saúde 24.

Para o Partido Socialista, a frequência com que cada utente tem consultas também deve ditar a redução ou isenção.

A proposta surge depois de o PS ter votado contra o fim das taxas nos Centros de Saúde.

O partido quer impedir que a medida produza efeito já em 2020 e espera que seja aplicada de forma faseada.

O PSD aguarda para ver proposta numa questão que não é consensual no partido. Já o Bloco de Esquerda acusou o PS de voltar atrás.

A Ordem dos Médicos diz que o fim das taxas moderadores traz uma implicação direta na resposta aos cuidados de saúde primários. Caso isso aconteça, o bastonário Miguel Guimarães defende um investimento adequado no Serviço Nacional de Saúde.

  • Benfica junta-se a FC Porto e Sporting no adeus à Europa

    Liga Europa 2019/2020

    "Encarnados" empataram a três golos na Luz.

    SIC Notícias

  • Sporting perde no prolongamento e é eliminado da Liga Europa

    Liga Europa 2019/2020

    "Leões" perderam por 4-1 no terreno do Basaksehir.

    SIC Notícias

  • FC Porto cai no Dragão e está fora da Liga Europa

    Liga Europa 2019/2020

    "Azuis e brancos" voltaram a perder com o Bayer Leverkusen, desta vez por 3-1.

    SIC Notícias