País

Porta-voz da Marinha garante que cadete que morreu tinha exames em dia

Porta-voz da Marinha garante que cadete que morreu tinha exames em dia

O Comandante Fernando Fonseca diz que não havia indícios de qualquer problema de saúde.

O jovem de 22 anos morreu esta terça-feira durante uma prova de corta-mato na Base Naval de Lisboa. O ministro da Defesa já fez saber que a tragédia será investigada.

  • A saga do prédio Coutinho
    6:43
  • Descobrir as rotas do Alentejo
    14:59
  • Cepas da Serra
    10:16