País

Dois empresários portugueses e um chinês suspeitos de atear fogo num prédio do Porto 

Dois empresários portugueses e um chinês suspeitos de atear fogo num prédio do Porto 

Um homem morreu e duas famáilias ficaram desalojadas após incêndio em março. 

A Polícia Judiciária deteve três homens pela autoria do incêndio num prédio do Porto que, em março, provocou a morte a um homem de 55 anos e deixou desalojadas duas famílias.

Na Grande Reportagem "A Cidade e o Medo", exibida pela SIC em abril, os irmãos da vítima mortal já falavam em fortes indícios de crime e nas ameaças que tinham recebido.