País

Estado só apoia vítimas de violência doméstica que ganhem menos de 580 euros

Os dados constam do mais recente relatório da Comissão de Proteção às Vítimas de Crime.

Em 2018, a Comissão de Proteção às Vítimas de Crimes rejeitou praticamente 80% dos pedidos de apoio mensal porque as vítimas ganhavam mais do que o salário mínimo, fixado em 580 euros.

O organismo considera que os requerentes não se encontram numa situação de grave carência económica - uma condição indispensável para receberem a indemnização.

Os dados divulgados esta sexta-feira pelo Jornal de Notícias constam do mais recente relatório da Comissão de Proteção às Vítimas de Crime, que é tutelada pelo Ministério da Justiça.

  • O que houve de melhor no SBSR
    11:16
  • Descobrir as rotas do Alentejo
    14:59