País

GNR deteve 37 pessoas por crimes de incêndio desde o início do ano

NUNO VEIGA

Operação "Floresta Segura 2019" da GNR realizou cerca de 6 mil ações de sensibilização.

Desde o início do ano, a GNR já registou 2 650 crimes de incêndio florestal, tendo resultado em 37 detenções e na identificação de 304 pessoas.

Os militares têm estado no terreno a apelar e a fiscalizar a limpeza das florestas. A Operação "Floresta Segura 2019" da Guarda Nacional Republicana realizou até ao dia 23 de junho cerca de 6 mil ações de sensibilização, alcançando mais de 114 mil pessoas.

Até ao momento, a base de dados nacional de incêndios rurais registou um total de 5012 incêndios rurais que resultaram em 9627 hectares de área ardida.

De acordo com a GNR, foram registados menos 24% de incêndios rurais e menos 47% de área ardida em comparação com o histórico dos últimos 10 anos.