País

Governo cancela plano de encerramento de maternidades durante o verão

Executivo vai contratar especialistas.

O Governo recuou e cancelou o plano para encerrar as urgências das maternidades durante o verão. Não só não vão funcionar em rotatividade como até vai haver um reforço de pessoal.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo garante que vão ser contratados anestesistas, pediatras e obstretas para fazer face aos problemas durante o verão.

A decisão de encerrar todos os dias, entre julho e setembro, uma das quatro maternidades dos hospitais de Santa Maria, S. Franciso Xavier, Alfredo da Costa e Amadora-Sintra levantou um coro de críticas no setor da saúde, nos partidos políticos e até o Presidente da República confessou que não entendia a medida.

  • Doente deitada no chão do hospital?
    2:20