País

Hospital de São João do Porto garante que já não há crianças internadas em contentores

O internamento pediátrico passa agora para um “edifício de alvenaria” no exterior do edifício principal.

O internamento de crianças em 36 contentores no Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ) acabou e as estruturas, provisórias há cerca de 10 anos, vão ser desmontadas, revelou hoje a instituição.

Num “edifício de alvenaria”, situado junto aos contentores e também exterior ao corpo principal do hospital, “ficam agora 24 camas” para internamento pediátrico, acrescenta em comunicado o hospital de São João, que espera até ao fim do ano arrancar com a construção de uma nova Ala Pediátrica e que no fim de maio transferiu dos contentores para o edifício principal as crianças com doença oncológica.

“As crianças que estavam em enfermarias colocadas em contentores foram deslocadas para um internamento de 25 camas pediátricas situadas no edifício principal do CHUSJ, utilizando espaços que ficaram livres com a relocalização de outros serviços e onde irão manter-se até estar terminada a construção da ala pediátrica”, escreve aquela unidade hospitalar em comunicado.

  • Cepas da Serra
    10:16
  • "À descoberta com..." Inês Castel-Branco na Tailândia 
    3:14