País

Grávida percorreu 200 km em trabalho de parto devido à falta de pediatras

Grávida percorreu 200 km em trabalho de parto devido à falta de pediatras

A maternidade de Portimão, onde era acompanhada, está fechada devido à falta de pediatras e o hospital de Faro não teve capacidade para a receber. 

Uma grávida de 28 semanas em trabalho de parto teve esta madrugada de percorrer mais de 200 quilómetros, entre Portimão e Évora, para receber assistência hospitalar.

O Centro Hospitalar Universitário do Algarve respondeu, entretanto, à SIC, a admitir que a Unidade de Neonatologia do hospital de Faro estava lotada e que a transferência direta para Évora deu-se por razões clínicas.

  • Olhá Festa em Pinhel
    11:51