País

Trabalhador com queimaduras graves devido a acidente de trabalho em Paredes de Coura

A vítima foi transportada por uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) do INEM para o Hospital de Braga.

Um trabalhador ficou esta segunda-feira com queimaduras graves na sequência de um acidente de trabalho com "produtos químicos" numa fábrica na Zona Industrial de Formariz, em Paredes de Coura (Viana do Castelo), adiantou fonte do INEM.

Segundo os Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura, o homem, com cerca de 35 anos, ficou estado grave depois de sofrer queimaduras em cerca de 20% do corpo.

As queimaduras, contraídas devido ao contacto com "produtos químicos", concentram-se no "tórax, abdómen e membros superiores" do trabalhador, adiantou a mesma fonte.

O acidente aconteceu na fábrica Doureca, situada na zona Industrial de Formariz, que se especializa na produção de produtos plásticos.

O alerta para a ocorrência foi dado às 11:44 e no local estiveram seis elemebtos dos Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura, apoiados por duas viaturas, bem como dois elementos da SIV de Valença e de uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Viana do Castelo.

A GNR de Paredes de Coura também esteve no local.

Lusa

  • A saga do prédio Coutinho
    6:43
  • Descobrir as rotas do Alentejo
    14:59
  • Cepas da Serra
    10:16