País

Termo de identidade e residência para pais suspeitos de raptarem filha dos pais adotivos

Já são conhecidas as medidas de coação.

Os pais biológicos ficam com termo de identidade e residência, proibição de contacto com a criança e a mãe adotiva, proibição de permanência nos concelhos de Oeiras e Cascais e apresentações semanais na esquadra.

Aos 11 anos, a menor foi retirada dos pais biológicos por maus tratos. Desapareu o ano passado quando vivia com a família de adoção, em Cascais.

Esta terça-feira, no Porto, a PSP encontrou a criança de 14 anos num esconderijo dentro da casa dos pais biológicos.