País

Diretor Nacional da PSP admite "fragilidades" no setor no 152º aniversário

Diretor Nacional da PSP admite "fragilidades" no setor no 152º aniversário

Os polícias viraram as costas ao Diretor Nacional em protesto.

Luís Farinha, Diretor Nacional da PSP, assumiu esta sexta-feira que o setor policial tem "necessidades urgentes de intervenção" durante o discurso nas celebrações dos 152 anos da PSP.

O momento ficou marcado pelo protesto dos polícias, que em protesto viraram costas ao Diretor Nacional.

Luís Farinha disse ainda que a "insatisfação" da classe trabalhadora é "legitima".

  • Vem aí o calor...
    1:01