País

Suspeitos da morte de Amélia Fialho mostraram ingratidão profunda e agiram de forma animalesca

Suspeitos da morte de Amélia Fialho mostraram ingratidão profunda e agiram de forma animalesca

São as considerações do Ministério Público.

O Ministério Público pediu 25 anos de prisão para os únicos suspeitos da morte de Amélia Fialho, uma professora do Montijo assassinada. A defesa diz que a acusação se baseia em indícios e pede a absolvição.

A leitura do acórdão ficou marcada para a próxima sexta-feira às 14h00 no Tribunal de Almada.