País

ASAE apreende oito garrafas de vinho "Barca Velha" falsificadas

Garrafas estavam à venda na Internet e chegavam a custar mais de 4.500 euros.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu oito garrafas de vinho tinto da marca "Barca Velha" por suspeitas de falsificação, que estavam à venda na Internet e cujo valor poderia ser superior a 4.500 euros.

Em comunicado hoje divulgado, a ASAE informou que a investigação sobre mercadorias e contrafação na área dos vinhos durava há alguns meses e culminou com a apreensão de oito garrafas de vinho tinto "premium" com rótulo "Barca Velha", supostamente das colheitas de 1978, 1982 e 2004 e que estavam à venda em sites e leilões.

As garrafas poderiam enganar os consumidores dada a sua aparente autenticidade, não só pelas afirmações na venda, pelo preço, mas também pela rotulagem e apresentação geral, cujo envelhecimento é consonante com a suposta idade da colheita.

A ASAE instaurou dois processos-crime por suspeita de fraude, usurpação de denominação de origem, fabrico e venda de artigos contrafeitos e identificou dois homens.

As compras através de meios eletrónicos ou à distância, adverte a ASAE, exigem uma cautela acrescida e uma decisão informada por parte do consumidor, para prevenir ou diminuir o risco de fraude nos produtos e nos meios de pagamento.

Com Lusa

  • Olhá Festa em Pinhel
    11:51