País

"Vão acontecer coisas muito aborrecidas, numa altura em que o Algarve está cheio de gente"

"Vão acontecer coisas muito aborrecidas, numa altura em que o Algarve está cheio de gente"

Utentes e funcionários do Hospital do Barlavento Algarvio em protesto.

Em Portimão, utentes e funcionários do Hospital do Barlavento Algarvio voltaram a manifestar-se contra a degradação dos serviços ali prestados.

A população está preocupada com as notícias que dão conta do encerramento de alguns serviços naquela unidade hospitalar, por falta de médicos que assegurem as escalas, e exigem que a tutela resolva o problema.

Nos serviços de obstetrícia e pediatria, a falta de recursos humanos tem implicado a transferência de gestantes, em trabalho de parto, para outros hospitais como o de Faro, que fica a 60 quilómetros dali.

Utentes e profissionais concentraram-se ao início da tarde no largo da Câmara Municipal e dali seguiram numa marcha, pelas ruas da cidade, até ao hospital.