País

Falta de médicos em Portimão pode comprometer urgência pediátrica

Falta de médicos em Portimão pode comprometer urgência pediátrica

Bastonário da Ordem dos Médicos de visita ao Algarve.

A falta de médicos em Portimão poderá voltar a comprometer, em agosto e setembro, o funcionamento da urgência pediátrica. De visita ao Algarve, o bastonário da Ordem dos Médicos diz que para já há 22 dias sem escala assegurada.

A ordem promete contactar o Colégio da Especialidade de Pediatria para tentar arranjar solução, mas os problemas do Centro Hospitalar Universitário do Algarve estendem-se a várias outras especialidades.