País

SEF detém condenado a prisão efetiva que tentava viajar para Cabo Verde

Português devia estar a cumprir oito meses de prisão efetiva.

Um cidadão português que devia estar a cumprir oito meses de prisão efetiva foi detido num serviço do Aeroporto de Lisboa quando tentava obter um passaporte temporário "tendo em vista viajar para Cabo Verde", anunciou hoje o SEF.

Em comunicado, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) refere ter conduzido o homem ao Estabelecimento Prisional de Sintra para cumprimento da pena de prisão a que fora condenado.

Na mesma nota, o SEF anuncia a detenção, neste caso no Aeroporto do Porto, de dois cidadãos estrangeiros por falsificação de documentos e por permanência irregular em território nacional.

Os dois homens foram detidos quando se preparavam para embarcar para Edimburgo, na Escócia.

Foram presentes ao Tribunal Judicial da Comarca da Maia, que determinou a sua instalação temporária na Unidade Habitacional de Santo António, no Porto, enquanto aguardam os procedimentos tendentes ao seu afastamento de território nacional.

Lusa