País

Detido homem que deixou granada na Polícia Marítima da Costa da Caparica

Homem de 52 anos acabou por ser detido pela GNR.

Um homem que deixou à porta das instalações da Polícia Marítima na Costa da Caparica, Almada, uma granada de mão defensiva de instrução, foi esta segunda-feira detido por posse de arma proibida, disse à Lusa fonte da GNR.

Fonte do Comando-Geral da GNR explicou à Lusa que a granada "encontrava-se inerte", pelo que "não constituía perigo para a sociedade".

"Deslocou-se ao local uma equipa de inativação de engenhos explosivos da GNR que recolheram a granada", referiu a mesma fonte, explicando que a denúncia chegou a esta força de segurança pelas 17:10 por via de populares.

A fonte disse desconhecer o motivo pelo qual o homem, de 52 anos, colocou a granada junto da Polícia Marítima, assim como a proveniência daquela.

Lusa

  • 160 mortes de Covid-19 em Portugal

    Coronavírus

    O último balanço da DGS dá conta de 7.443 infetados com o novo coronavírus em Portugal. Desses, 160 morreram e 43 recuperaram. O Governo reúne-se hoje à tarde em Conselho de Ministros extraordinário no Palácio da Ajuda. O encontro vai servir para analisar os termos da renovação do estado de emergência. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias